GTS Network

 

03-10-2007 - Super Access Point garante maior alcance da transmissão e supera em até três vezes distâncias oferecidas por similares do mercado

Produto da GTS Telecom elimina necessidade de ampliar potência de sinal por meio de software, medida que prejudica a qualidade e danifica o equipamento

Alcance maior que as distâncias convencionais e eficiência tanto para uso em escritórios e residências quanto em interligações entre prédios. Estas são as principais características do 78.0454ARB Super Access Point. Lançado pela GTS Telecom, o equipamento dispõe de 250mw de potência no padrão 802.11b (11Mbps) e de 150mw no padrão 802.11g(54Mbps). O conjunto formado pelo aparelho e pela antena que o acompanha superam em até três vezes a área de cobertura alcançada por equipamentos similares.

A alta potência do Super AP GTS permite obter níveis mais altos de sinal, maior velocidade de comunicação sem fio e grande área de abrangência da rede sem qualquer prejuízo ao equipamento. A potência é obtida via hardware e não por recursos de software, que, na verdade, geram perdas na qualidade do sinal, além da diminuição da vida útil do produto.

Ao tentar aumentar a potência de todo o sistema, o software faz com que o processador tenha sua temperatura elevada. Outro problema é a falta de fidelidade da amplificação, pois o programa não aumenta a sensibilidade do sinal. Como conseqüência imediata, os equipamentos começam a travar constantemente, até a completa parada de funcionamento. “Na verdade, a ampliação de potência via software não acontece de fato, é uma ilusão”, alerta o diretor executivo da GTS Telecom, Márcio Leal.

Entre outras importantes características do Super Access Point GTS estão a possibilidade de compartilhar o uso da internet e controle da velocidade de acesso de cada usuário. A função Controle de Banda QOS evita que um  único usuário utilize todo o link disponível e os demais tenham dificuldade no acesso. Caso necessário, ela prioriza determinados grupos de usuários para que estes tenham o máximo da performance da  rede.

O equipamento também permite que quando poucos usuários estiverem conectados, a banda seja redistribuída. Por exemplo: após o expediente, o gerente da empresa, que normalmente tem 100Kbps disponíveis, fica sozinho no escritório, conectado à internet. Como apenas ele está usando a rede, todo o link (300Kbs no exemplo) fica disponível. Caso estivessem conectados o gerente e  mais um funcionário, o total da banda seria divido por dois, ou seja,  150Kbs para cada um.

O Super AP GTS possibilita a criação de um ambiente de rede (switch) interligando as máquinas com (UTP) sem fio (Wlan) de modo transparente. O equipamento conecta até 45 usuários wireless e 208 usuários via UTP através de switchs. Permite configuração via interface web e possui manual em português.
A antena que acompanha o produto é do tipo SMA regulável e removível, que pode ser girada para os lados, para frente e para trás.


Com ela é possível a comunicação  de até 30 metros de distância em ambientes fechados e de até 300 metros em locais abertos.


Ao utilizar antenas externas do tipo grade, setorial ou omni, aumenta-se a capacidade de comunicação para links externos para até 30 quilômetros de distância – dependendo do tipo de antena, do ambiente (espaço aberto, sem obstáculos e interferências), do uso de amplificadores e da velocidade da transmissão
O gerenciamento, a configuração e a atualização do software interno do equipamento são feitos de forma simples e intuitiva por meio de interface web (Internet Explorer, Netscape, etc) em modo local ou remoto (via internet). É possível atualizar o software o que permitirá atender futuros protocolos e aplicações além de preservar o investimento feito.

O Super Access Point vem acompanhado por uma antena do tipo Omni, de 5dBi, custa R$ 240 reais para o usuário final e tem dois anos de garantia.